Fluxo de caixa, capital de giro e ciclo financeiro: tudo que você precisa saber

Step Consultoria > Blog > Serviços > Fluxo de caixa, capital de giro e ciclo financeiro: tudo que você precisa saber

Fluxo de caixa, capital de giro e ciclo financeiro: tudo que você precisa saber

  • Postado por admin
  • Categoria: Serviços
Ciclo finnaceiro

Uma boa gestão do fluxo de caixa e do capital de giro é essencial para que qualquer empresa se mantenha ativa no mercado.  Mas e o Ciclo Financeiro, você sabe o que é? Ou ainda: você sabe como esses três termos se completam?

O que é o Ciclo Financeiro

Para compreender melhor o que é o Ciclo Financeiro, vamos explicar primeiro o Ciclo Econômico e o Ciclo Operacional.

Ciclo Econômico: é o tempo em que a mercadoria permanece em estoque. Vai desde a aquisição dos produtos até o ato da venda, não levando em consideração o recebimento das mesmas.

Ciclo Operacional: um período “padrão”, que toda empresa possui, que engloba o início, o meio e a conclusão da operação, quando todo o serviço já foi executado, o produto foi vendido ou entregue e, principalmente, a empresa foi integralmente paga por isto.

Já o Ciclo Financeiro, ou Ciclo de Caixa, compreende o tempo entre o pagamento dos compromissos financeiros do período (gastos fixos e pagamento aos fornecedores) e o recebimento do valor que lhe é devido pelo cliente.

É como se a empresa investisse um valor de caixa na operação, para obter, futuramente, um retorno. Ou seja, a operação já foi concluída e está aguardando apenas o recebimento do valor investido, acrescido de um retorno.

Graficamente, o Ciclo Financeiro pode ser representado da seguinte forma:  Prazo Médio de Estocagem + Prazo Médio de Contas a Receber  – Prazo Médio de Pagamento a Fornecedores.

Exemplo: 

Suponhamos que você venda bolsas. Essas bolsas permanecem no estoque por um prazo médio de 45 dias (PME). Você recebe as vendas em um prazo médio de 30 dias (PMCR). O prazo médio de pagamento aos fornecedores é de 60 dias (PMPF).

Ou seja:

Ciclo Financeiro = PME + PMCR – PMPF

Ciclo Financeiro = 45 + 30 – 60

Ciclo Financeiro: 15 dias

Capital de giro e fluxo de caixa

O Ciclo Financeiro impacta diretamente no seu fluxo de caixa. Durante um período, sua empresa terá que arcar com os custos referentes aos insumos sem receber o dinheiro da venda efetuada. Logo, será necessário um capital de giro capaz de suportar esse período, sem esquecer os demais custos da empresa que não estão ligados à produção.

Mas o que é Capital de giro? o capital de giro é a quantidade de recursos que a empresa possui para sustentar seu fluxo de caixa. Logo, capital de giro e fluxo de caixa são ferramentas distintas, porém que se complementam.

>>> Leia também: Capital de Giro: o que é e qual a necessidade

Diversos negócios acabam não indo para frente justamente pela falta de conhecimento do Ciclo Financeiro. Sem este conhecimento, corre-se o risco de haver defasagem entre entradas e saídas e também pode prejudicar na tomada de decisão.

Para manter a saúde financeira da empresa, alguns cuidados são essenciais:

– Necessidade de Capital de Giro: são os recursos necessários para pagar todas as contas do seu negócio e mantê-lo funcionando, sem depender de capital externo ou sem a realização de aportes dos sócios. Um planejamento do Capital de Giro Necessário auxilia na identificação dos prazos (como estoque, recebimento e pagamento) para viabilizar a operação do seu negócio de forma controlada, permitindo identificar quanto é necessário manter em caixa para garantir a cobertura do Ciclo Financeiro.

– Controle do Fluxo de Caixa: só o controle do fluxo de caixa permite identificar os compromissos que precisam ser quitados. Evitando, assim, atrasos e o pagamento de juros, e também viabiliza o controle dos recebimentos de clientes.

>>> Leia também: 5 passos simples para uma boa gestão do fluxo de caixa

– Com controle e planejamento, é possível projetar o saldo de caixa diário futuro, permitindo definir, se necessário, ações emergenciais com alguma antecedência.

– Uma dica que lhe proporcionará um bom fluxo de caixa é ter como meta fazer com que o prazo médio de pagamento aos fornecedores seja sempre maior que o tempo do ciclo operacional.

 

Precisa de ajuda no processo operacional e de gestão da sua empresa? Conte com profissionais altamente qualificados. Fale com a gente: contato@stepconsultoria.com

Autor admin

Deixe uma resposta