Entenda como a Reengenharia de Processos pode ajudar sua empresa

Step Consultoria > Blog > Serviços > Entenda como a Reengenharia de Processos pode ajudar sua empresa

Entenda como a Reengenharia de Processos pode ajudar sua empresa

  • Postado por admin
  • Categoria: Serviços
reengenharia de processos

A Reengenharia de Processos pode ser entendida como um plano de reestruturação que visa a melhoria dos processos para ampliar a eficiência da empresa. Com novas ideias e métodos que ajudam a diminuir custos e aumentar os rendimentos. Para você entender melhor, veja o exemplo a seguir:

Em 1987, a Kodak viu a Fuji, sua principal concorrente, anunciar o lançamento de uma máquina fotográfica descartável. O prazo para desenvolver e colocar no mercado um produto semelhante era de 70 semanas.

Pensando em uma forma de solucionar esse problema, a Kodak remodelou seu processo de desenvolvimento de produtos. Ela reduziu quase à metade o tempo que levaria para criar a sua própria máquina descartável.

Esse “novo” produto da Kodak é citado como exemplo de Reengenharia no livro mais importante sobre o assunto, “Reengineering the Corporation”, dos consultores norte-americanos Michael Hammer e James Champy. Os autores  cunharam esse conceito para definir ideias referentes a um novo modelo organizacional.

A Reegenharia de processos nas empresas

O termo Reengenharia é sinônimo de mudanças significativas dentro de uma empresa. Mudanças estas que a faça se manter competitiva no mercado e alcançar as suas metas. Reformulando, assim, o seu modo de fazer negócios, redefinindo suas atividades e processos. Essas alterações devem ser realizadas considerando os seguintes níveis: operacional, de processos e negócios.

Se tratando do nível operacional, a principal transformação é em uma redução de hierarquia. Por exemplo, quando há muito gerentes que precisam ser consultados, os processos se tornam mais burocráticos e, consequentemente, mais lentos.

Em relação ao nível de processos, busca-se formas de aumentar a eficiência por meio de tecnologias que sejam capazes de torná-los mais rápidos, sem comprometer a qualidade.

Por fim, tem o nível de negócios, em que toda a empresa é repensada nos mais diversos aspectos, o que pode incluir, até mesmo, a criação de novos produtos e serviços.

O que é Reengenharia de Processos

Abordando de forma mais profunda, a Reengenharia de Processos é um estudo dos processos da empresa como um todo, removendo aqueles que não adicionam valor ao cliente e impedem o crescimento da organização, e redesenhando os processos-chave do negócio, buscando alcançar melhorias significativas de desempenho. Seu principal objetivo é garantir que as organizações empresariais tenham resultados com maior agilidade e eficiência.

A Reengenharia de Processos deve ser voltada para os procedimentos primordiais da organização. Repensar e redesenhar processos como cultura organizacional, prestação de serviço, criação e desenvolvimento de novos produtos, que, assim, promovem a redução de custos e, paralelamente, o aumento da satisfação dos clientes da empresa.

É importante destacar que este processo promove grandes mudanças dentro da organização e exige das mesmas uma visão do negócio como um todo. A empresa precisa ter flexibilidade e adaptabilidade dos seus processos e negócios.

As quatro etapas da Reengenharia de Processos:

– Preparação: coleta de informações e dados essenciais sobre as necessidades dos clientes, atuação dos concorrentes e identificação das alterações a efetuar.

– Planejamento: selecionar os projetos a redefinir, mobilizar recursos, estruturar equipe e definir as funções dos profissionais envolvidos nesta tarefa.

– Implementação: reinvenção do processo em si e otimização do mesmo, através da análise de valor de cada processo e eventual eliminação de atividades que não adicionem valor para a organização e para o cliente.

– Avaliação: avaliar os resultados conquistados pela reengenharia de processos e se é necessário fazer alguns ajustes.

Não existe uma regra exata de como deve ser feita a reengenharia de processos. Ela é uma ferramenta que pode ser reaplicada conforme a variação do ambiente e a necessidade de reorganização.

Cases de Sucesso

Kodak

Algumas empresas tiveram bastante sucesso com a implementação da Reengenharia de Processos.

Na já citada Kodak, a mudança provocada pelo desenvolvimento da máquina fotográfica descartável foi possível através do design e da produção por computador. A empresa criou um banco de dados integrado de design, possibilitando que vários grupos trabalhassem simultaneamente. O novo processo permitiu aos engenheiros coordenarem melhor o trabalho e resolverem os problemas que surgiam em menos tempo.

Um dos casos mais citados e conhecido é, provavelmente, o da IBM Credit, que se dedicava ao financiamento de produtos da IBM. Após uma análise do processo de concessão de crédito verificou-se que este demorava entre 6 a 15 dias, enquanto que o total das operações realizadas apenas consumia 90 minutos.

Com a reengenharia e a introdução um sistema informático de apoio, a comunicação e o acesso à informação entre os especialistas e os técnicos ficou mais rápida e efetiva. Assim, o processo de financiamento passou a demorar 4 horas.

Ford

Outro caso é o da Ford, indústria automobilista americana. Com o intuito de rentabilizar o seu departamento de contabilidade, a empresa fez um estudo de todo o processo desde a compra de material até ao seu pagamento. Só na América do Norte existiam mais de 500 empregados neste departamento. Ao racionalizar alguns processos e instalar um novo sistema de computadores, a empresa conseguiria corte nos custos de cerca de 20%.

Esse era o plano, até ver a concorrente japonesa Mazda. Enquanto a Ford aspirava 400 pessoas na contabilidade, na Mazda trabalhavam apenas cinco empregados na área. Apesar da Mazda ser bem menor, proporcionalmente, a Ford tinha cinco vezes mais empregados do que o necessário.

Dessa forma, foi feita uma análise e reengenharia do sistema existente dentro do departamento de contabilidade. Os gestores se desfizeram dos processos ultrapassados criando processos completamente novos.

A Ford, antes da reengenharia, operava segundo a regra “Nós pagamos no ato do recebimento da ordem de pagamento”. Com a reengenharia, a regra mudou. Passou a ser: “Nós pagamos no ato do recebimento das encomendas”. Essas mudanças geraram 75% de redução nas suas despesas.

Conclusão

A Reengenharia de Processos contribui positivamente com a gestão eficaz do tempo e com a melhoria da gestão do negócio – seja no âmbito operacional ou no âmbito da gestão de pessoas. Além disso, promove melhorias na qualidade da prestação dos serviços e na oferta de produtos.

No entanto, antes de implementar essa ferramenta, deve-se analisar muito bem a necessidade de adotá-la. É necessário estudar como isso afetará a empresa, pois, em muitos casos, há resistência por parte dos colaboradores. Outro ponto é quanto às demissões, que muitas vezes são necessárias, e podem causar mal-estar entre os funcionários.

E você, já passou por um processo de Reengenharia? Acha que isso pode ajudar a empresa a crescer? Conte pra gente nos comentários.

Se ficar com alguma dúvida ou quiser falar conosco, entre em contato: contato@stepconsultoria.com.br

Autor admin

Deixe uma resposta