Lucratividade x Rentabilidade: entenda a diferença e a importância desses indicadores

Step Consultoria > Blog > Indicadores Financeiros > Lucratividade x Rentabilidade: entenda a diferença e a importância desses indicadores

Lucratividade x Rentabilidade: entenda a diferença e a importância desses indicadores

  • Postado por admin
  • Categoria: Indicadores Financeiros

Todo empreendedor sabe que é preciso avaliar e acompanhar os resultados dos seus negócios constantemente. Entre os indicadores normalmente analisados para acompanhar a saúde da empresa estão a lucratividade e a rentabilidade. Estas variáveis são fundamentais para saber se o negócio está tendo ganhos ou arcando com prejuízo em suas operações.

Nós já citamos esses dois conceitos no post sobre Indicadores Financeiros. Mas como eles são muito importantes e vitais para uma empresa, merecem uma atenção maior e uma abordagem mais profunda. Aqui, vamos explicar o conceito, ensinar como calcular, mostrando as diferenças entre eles e o porquê deles serem tão importantes.

O que é Lucratividade?

A lucratividade aponta a eficiência operacional de uma empresa. Significa, percentualmente, o quanto de lucro a empresa ganha em cima do valor da venda de seu produto ou serviço, após deduzir todos os impostos, taxas e despesas.

A lucratividade é calculada da seguinte forma:

Lucratividade = (Lucro Líquido / Receita Bruta) X 100

A receita bruta consiste na soma de todos os recebimentos do negócio antes de qualquer desconto. Já o lucro líquido corresponde a quanto efetivamente sobra para a empresa depois de descontados os valores devidos.

Exemplo:

Uma empresa vende roupas de ginástica. Cada calça é vendida por R$ 90. Deste valor, R$ 15 custeiam os impostos, R$ 10 são referentes à matéria-prima e R$ 20 pagam a mão de obra. Esses valores totalizam a quantia de R$ 45. O que sobra corresponde ao lucro líquido, que é de R$ 45 por mercadoria vendida.

Se em um mês a empresa vende 200 calças, sua receita bruta (total das vendas) corresponde a R$ 18 mil (200 x 90), enquanto seu lucro líquido é de R$ 9 mil (200 x 45). O cálculo é feito desta maneira:

Lucratividade = (9/18) x 100 = 0,5 x 100 = 50%

Este é o resultado do trabalho da empresa. A lucratividade mede o quanto o negócio é eficiente, ou seja, se ele é capaz de pagar seus gastos e ainda proporcionar lucro líquido.

A importância do cálculo da lucratividade

Analisar esse indicador é importante para verificar se o resultado está dentro do estabelecido no planejamento. Com essa avaliação dá para propor mudanças nos processos, como a substituição de matéria-prima para reduzir custos, a alteração de regime tributário ou uma possível modificação no quadro de funcionários.

A empresa também pode usar esse indicador para comparar o desempenho de outras organizações do mesmo segmento para verificar se são semelhantes à média do mercado.

De forma geral, quanto maior a lucratividade, melhor para o negócio. Mas fique atendo aos diferentes cenários. Se as vendas são frequentes, dá para ter uma margem de lucro menor. Mas caso o comércio seja sazonal, é preciso obter margens maiores para manter a empresa em atividade nos outros meses.

A lucratividade também ajuda na precificação dos produtos/serviços da empresa. O cálculo do preço de custo, por exemplo, contribui para determinar o preço de venda de forma consciente, conhecendo a margem de lucro com a qual vai operar.

Outros fatores também influenciam na definição do preço do produto. Saiba mais sobre esse tema, clicando aqui.

Agora que você já sabe o que é lucratividade, vamos entender o que é rentabilidade:

O que é Rentabilidade?

Também conhecida como ROI (retorno sobre o investimento), a rentabilidade mede o retorno que um investimento pode proporcionar ao negócio. Enquanto a lucratividade relaciona o lucro líquido com a receita bruta do negócio, a rentabilidade associa o mesmo lucro ao valor investido no empreendimento para saber se vale mesmo a pena.

Se o investimento tem uma rentabilidade baixa, é dispensável na realidade da empresa. Se a rentabilidade é elevada, então é um investimento capaz de efetivamente trazer dinheiro para o negócio. Em último caso, se ela for negativa, o investimento é prejudicial para o empreendimento.

Emprega-se a seguinte fórmula para calcular a rentabilidade:

Rentabilidade = (Lucro Líquido / Valor Investido) X 100

Novamente, o lucro líquido é o resultado de suas vendas, subtraindo o custo do produto vendido e os impostos e taxas.

Exemplo:

Vamos pegar novamente a empresa de roupas de ginástica. Ela investiu R$ 10 mil em marketing para impulsionar a venda de suas calças durante o verão. Isso gerou uma venda de mil unidades na estação, cada uma a R$ 90. O lucro líquido de cada peça é de R$ 45 (como calculado no exemplo acima). Isso gera um lucro líquido total de R$ 45 mil (1000 x 45) no total. Nesse caso, o cálculo seria estruturado dessa forma:

Rentabilidade = (45.000/10.000) x 100 = 4,5 x 100 = 450%

Isso significa que a cada R$ 1 investido, a empresa obteve um retorno de R$ 4,50.

Além de mostrar o retorno em investimentos pontuais e já realizados, como nesse exemplo, a rentabilidade também pode apontar se um investimento em fase de planejamento é viável e pode trazer resultados positivos para a empresa. Para isso, basta utilizar uma estimativa de faturamento para chegar ao lucro líquido.

Lucratividade x Rentabilidade

Não é porque lucratividade e rentabilidade são diferentes que elas não possuem uma relação importante para avaliar a saúde de um negócio. Os dois indicadores devem ser avaliados sempre de forma conjunta. Isso porque uma empresa pode ser rentável mesmo sem ser lucrativa ou, ainda, ser lucrativa sem obter um retorno positivo com os investimentos.

Avaliar só a lucratividade ou apenas a rentabilidade pode dar a falsa impressão de que a empresa é bem-sucedida quando a realidade não é bem assim. Confundir esses conceitos atrapalha a análise das informações e pode fazer com que o negócio aparente problemas que não possui ou que apresente resultados nada reais

Por isso, entender a diferença entre lucratividade e rentabilidade é essencial para avaliar qual é o panorama real do negócio, permitindo uma melhor tomada de decisão. Se a conclusão obtida é de que um determinado investimento não é rentável, por exemplo, ele pode ser substituído por um que também tenha impacto na lucratividade.

Outro benefício é que essa avaliação pode ser feita antes mesmo de o negócio ser aberto, avaliando como começar o empreendimento, transformá-lo em franquia ou abrir uma filial. Com isso, pode-se realizar uma análise preditiva a fim de evitar prejuízos no futuro.

Concluindo…

Lucratividade e rentabilidade são indicadores essenciais para o acompanhamento dos resultados de qualquer empresa, independente de seu porte ou segmento. Apesar de ambos utilizarem o lucro líquido em suas relações, eles são totalmente diferentes entre si. Enquanto a lucratividade estabelece uma relação com a receita bruta, a rentabilidade se relaciona com o investimento para atingir determinado lucro.

A partir desses indicadores, é possível verificar qual é o panorama financeiro da empresa e, depois, se necessário, desenvolver ações para otimizar os processos e promover a melhoria da rentabilidade e lucratividade do negócio. Por isso, conhecer a diferença entre tais conceitos é primordial para uma boa avaliação dos negócios.

Como andam esses dois indicadores no seu negócio?

Tem dúvidas sobre como calcular rentabilidade e lucratividade em sua empresa?

Mande um e-mail para a gente: contato@stepconsultoria.com

Autor admin

Deixe uma resposta