Precificação: saiba a melhor forma de calcular o preço do seu produto

  • Postado por admin
  • Categoria: Sem categoria
precificação

A metodologia de precificação mais largamente utilizada é a markup. Ela se caracteriza pela aplicação de um múltiplo sobre os custos diretos unitários, baseado em despesas variáveis, despesas fixas e na margem de lucro. É calculado da seguinte forma:

  1. Quanto representa, em percentual, as despesas variáveis em uma unidade produzida? (DV)
    – são as despesas que variam de acordo com a produção, mas não fazem parte do processo produtivo.
  2. E quanto às despesas fixas, qual o impacto percentual delas sobre uma unidade produzida? (DF)
    – são as dspesas que estarão na sua empresa sempre, independente da produção.
  3. Qual é a margem de lucro da sua empresa?
    – Ela varia e é subjetiva, baseada no seu apetite por lucro e na competitividade do seu produto (ML)

Todos esses percentuais são somados e aplicados na seguinte fórmula: 100/[100 – (DV + DF +ML)]. Esse cálculo gera um índice que, por sua vez, é aplicado sobre os custos diretos para produzir uma unidade do seu produto (matéria-prima) ou serviço (horas). Daí se alcança o preço.

Mas o mercado aceita esse preço?

Essa é uma visão mais tradicional e concentrada no produto e na visão interna da empresa. É essencial compreender que todo o processo de vendas se reorientou. Dos produtos para o consumidor, por fatores claros de excesso de oferta de produtos – com o advento do e-commerce – e maior empoderamento do consumidor com relação às escolhas.

>>> 5 passos simples para uma boa gestão do fluxo de caixa

O empreendedor em um nível mais avançado da sua estratégia baseia seu preço no entendimento de quem é a sua persona. E, para isso, estrategicamente, ele estuda a compreensão dos seus hábitos, principalmente no que se diz respeito ao tipo de mídia que a persona consome, o que irá direcionar os canais de venda do produto.

Não só isso, mas esse empreendedor também faz um trabalho de pesquisa de concorrência. Ele olha para fora e para os lados, tentando compreender o quanto o consumidor identifica de valor desse produto e como essa precificação pode ser feita de modo que o valor do produto continue competitivo no mercado.

E qual a melhor forma de precificação e de gestão dos custos?

Um nível superior é a conexão entre os dois conhecimentos. O preço é baseado no valor, mas o empreendedor tem conhecimento de todas as suas despesas e os seus custos, e do quanto eles impactam na sua margem de lucro.

Com um conhecimento da margem de lucro esperada, baseada na compreensão do seu custo de oportunidade e do retorno do próprio empreendedor em seu negócio é que todo o trabalho vai ser direcionado para a otimização dos custos e das despesas e para a meta de vendas.

>>> As categorias de KPI’s e suas aplicações: tudo que você precisa saber

Nada melhor do que trabalhar com projeções de vendas, portanto, e analisar o impacto delas sobre o seu fluxo de caixa futuro. Quer entender melhor como fazer projeção orçamentária e quer identificar o ponto de equilíbrio da sua empresa? Ou melhor: que tirar alguma dúvida sobre precificação?

Fale com a gente! contato@stepconsultoria.com

 

Autor admin

Deixe uma resposta

2 Comentários