13 dicas para redução de custos na sua empresa

Step Consultoria > Blog > Consultoria financeira > 13 dicas para redução de custos na sua empresa

13 dicas para redução de custos na sua empresa

  • Postado por admin
  • Categoria: Consultoria financeira, Dicas

O sucesso de qualquer empresa está em ter uma boa combinação de redução de custos com bons investimentos. E, em tempos de crise econômica, diminuir os gastos do negócio se torna ainda mais necessário.

Muitos donos de negócio perdem dinheiro por não saberem controlar seus custos operacionais. Por isso, reunimos 13 custos que você pode reduzir agora mesmo.

Análise de custos atuais

É preciso analisar quais setores e atividades da empresa estão consumindo mais recursos do que deveriam e, a partir daí, fica mais fácil criar estratégias assertivas para a redução de custos.

Otimização de processos

Quanto mais eficiente for o trabalho, menos a empresa gasta com horas extras, com energia elétrica e, dependendo da situação, é possível realizar o mesmo trabalho com menos funcionários quando ele é executado da maneira adequada.

Você deve fazer um mapeamento de seus processos e, após uma análise criteriosa, identificar quais não estão agregando valor à empresa e retirá-los. Além disso, você poderá identificar quais consomem mais custos de sua empresa e focar nesses gargalos.

Controle de estoque

É comum encontrar nos estoques produtos com baixa rotatividade e em larga escala. Ter um estoque parado leva a perdas financeiras. Procure planejar as suas compras de acordo com suas vendas.

Fornecedores

Os seus fornecedores realmente representam a melhor opção do mercado, atualmente, em termos de preço e prazo?

Ser fiel a um fornecedor pode trazer inúmeros benefícios, mas é importante sempre estar atento aos preços que a concorrência está praticando.

Uma eventual troca de fornecedores pode ser uma solução para a redução de custos, mas cuide para que a mudança não afete outros setores da empresa.

Terceirização

A terceirização é uma alternativa para as empresas que querem economizar com o pessoal ou que estejam com o intuito de redução de custos fixos.

Você pode saber mais sobre o assunto aqui.

Contratação e demissão de funcionários

Ao contratar ou demitir um funcionário, a empresa precisa estar ciente dos gastos envolvidos nesse processo: com treinamentos, adaptação do funcionário novo e direitos trabalhistas, para o demissionário.

Assim, contrate apenas se o cargo for realmente necessário. Caso a função não seja uma atividade rotineira da empresa, a opção pode ser de contratar funcionários terceirizados.

Você deve analisar cada demanda em particular e escolher o mais favorável para cada situação.

Banco de horas

Ao invés de pagar horas extras, você pode implementar o banco de horas. Com isso, essas horas poderão ser revertidas em folgas, que poderão ser programadas pelos próprios colaboradores.

Mas atenção: a compensação das horas precisa ocorrer dentro do ano corrente, caso contrário, a empresa pode ter problemas com a legislação trabalhista.

Regime de tributação

Muitas empresas podem pagar mais caro por terem optado por um regime de tributação inadequado para o seu negócio.

Procure uma consultoria financeira antes de fazer essa escolha e simule os gastos do seu negócio nos regimes de Lucro Presumido, Lucro Real e Simples Nacional. Cada regime tem alíquotas e deduções próprias que podem diferenciar de uma empresa para a outra.

Dívidas e tarifas bancárias

Tente renegociar dívidas e tarifas bancárias com os seus credores e bancos.

Mas, atenção: estude previamente se a empresa terá condições financeiras de lidar com as novas condições negociadas.

Papel, cópias e impressões

Não considere irrelevantes os gastos com papel, cópias e impressões. Você pode estar perdendo dinheiro por causa do mau uso.

Desenvolva uma política de consciência ambiental, realizando a impressão apenas daquilo que é realmente necessário e incentive a utilização de recursos eletrônicos para resolver problemas.

Energia elétrica

Aproveite a luz solar, mantenha as lâmpadas de corredores e salas vazias apagadas, desligue lâmpadas, computadores e demais aparelhos elétricos ao sair, durante os horários de almoço e durante a noite.

O ar condicionado também deve ser usado com moderação. Incentive o hábito de desligá-lo e manter as janelas abertas pela manhã quando a temperatura estiver mais amena. Esta ação favorece a troca do ar no ambiente de trabalho deixando-o mais saudável e contribui para a economia de energia.

Telefones e internet

Existem muitos fornecedores de planos de Internet e telefone, o que é ótimo.

Você deve avaliar qual fornecedor poderá atendê-lo da melhor forma e com o melhor preço. Dê preferência a planos corporativos.

Copos de água e café

O gasto com copos descartáveis em empresas é muito alto, além de serem ruins para o meio ambiente. Por isso, presenteie cada funcionário com uma caneca. Apesar do custo inicial, será um bom investimento com a redução dos copos de plástico.

É importante que você envolva toda a sua equipe neste objetivo. Lembre-se que seus funcionários devem ser seus maiores aliados.

Contate-nos para te ajudar a implementar uma estratégia de redução de custos.

Autor admin

Deixe uma resposta