Renegociação de dívidas empresariais: confira 6 dicas de como fazer

Step Consultoria > Blog > Sem categoria > Renegociação de dívidas empresariais: confira 6 dicas de como fazer

Renegociação de dívidas empresariais: confira 6 dicas de como fazer

  • Postado por admin
  • Categoria: Sem categoria

Um dos maiores perigos que podem acabar com a gestão financeira de uma empresa, inclusive podendo leva-la à falência, é o acúmulo de quantias em dívidas. Se sua empresa está no vermelho, confira essas dicas de renegociação de dívidas empresariais.

Organize-se

A intenção é descobrir quanto do orçamento está disponível para a renegociação de dívidas em face a quanto deve ser pago.

Por isso, o primeiro passo é se organizar. Faça uma lista de todas as dívidas que seu negócio tem e saiba quanto deve ser pago.

Tenha em mãos o faturamento mensal da sua empresa e os gastos fixos para saber quanto entra e quanto sai do caixa mensalmente. Assim, você sabe qual é o limite que tem para gastar na negociação.

Seja realista

É muito importante realizar um planejamento estratégico para a própria negociação e um planejamento financeiro para a quitação.

Não vai adiantar aceitar uma proposta que não conseguirá pagar. Por isso, estabeleça metas reais e que permitam que a empresa possa continuar suas atividades após o pagamento da dívida.

Analise seus contratos com os credores

Antes de procurar um credor, você deve analisar todos os contratos de financiamento para se certificar que não existe qualquer irregularidade, tanto em relação às taxas de juros quanto quaisquer tipos de prejuízos possíveis.

Caso exista alguma irregularidade, é seu direito e dever denunciá-la aos órgãos defensores e ao Banco Central, podendo utilizá-la como argumento para conseguir um bom acordo na hora de renegociar a dívida, melhorando as condições de pagamento do seu débito.

Negocie

A negociação deve ser feita de forma racional, calma e calculada.

Ouça primeiro quais são as propostas do credor. Ofereça uma contraproposta e tente negociar de forma que chegue a um acordo mais agradável para você.

Pesquise alternativas

Para fazer a renegociação da dívida, você pode transpô-la para outra instituição financeira que tenha melhores condições de pagamento. Por isso, pesquise as taxas de juros das outras instituições, analisando todas as condições para não gerar mais dívidas, assim como seus prazos para pagamento e benefícios oferecidos.

Busque uma empresa de consultoria que possa te auxiliar

Se você ainda tem dúvidas, dificuldades e inseguranças para realizar uma renegociação de dívidas e fazer uma análise mais aprofundada da saúde financeira de sua empresa, a sua solução é uma consultoria financeira empresarial.

A Step Consultoria possui experiência comprovada para te ajudar a negociar sua dívida empresarial:

Bônus: erros que você não pode cometer na renegociação de dívidas

1) Prazos mais longos

Não são apenas as taxas de juros que aumentam o montante final de uma dívida. Acordos que se estendem em muitas parcelas também podem fazer com que o total pago seja superior à dívida original. Nem sempre vale a pena pagar menos por mês e gastar mais no final

2) Vendas casadas

Venda casada é crime. Inclusive, quando é oferecida junto à renegociação de dívidas. Se, durante o acordo, colocarem a contratação de outro produto como requisito para renegociar, não aceite.

3) Novas dívidas

Não é porque você renegociou suas dívidas que é momento para entrar em débito novamente. Para isso, é recomendável que você faça um controle das contas a pagar.

Autor admin

Deixe uma resposta